Agronegócios – V Conferência Nacional de Defesa Agropecuária tem as inscrições prorrogadas

V Conferência Nacional de Defesa Agropecuária

 

Os autores que quiserem enviar trabalhos científicos para a V Conferência Nacional de Defesa Agropecuária terão até o dia 7 de novembro para fazer a inscrição. Os trabalhos serão expostos durante o evento e alguns estudos na área de defesa sanitária animal serão selecionados pela comissão técnico-científica para apresentação oral. A Conferência será realizada entre os dias 25 e 28 de novembro, em Florianópolis, e espera reunir mais de 1.500 participantes para discutir os rumos da defesa agropecuária no Brasil.

 

 

Os trabalhos científicos enviados devem ser inéditos e podem ser apresentados em português, inglês e espanhol, com limite de seis autores. Todos os trabalhos aprovados serão apresentados na forma de pôster, que permanecerão fixados durante o evento. No período previamente estabelecido pela comissão organizadora, o responsável por cada trabalho deverá permanecer ao lado do pôster. A Conferência abrange as áreas animal e vegetal.

 

 

As inscrições de trabalhos e de participantes devem ser feitas pelo site http://www.vcnda-sc.com.br/

 

 

Conferência Nacional de Defesa Agropecuária

 

 

A V Conferência Nacional de Defesa Agropecuária terá como tema a “Defesa agropecuária a serviço de um estado de excelência”. A escolha de Santa Catarina como sede do evento se deu, entre outros motivos, ao status de área livre de febre aftosa sem vacinação reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

 

De acordo com o presidente da comissão organizadora do evento, Enori Barbieri, a defesa agropecuária desempenha um relevante papel na ampliação do comércio exterior brasileiro e precisa ser debatida de forma integrada e multidisciplinar. “O status sanitário de Santa Catarina é referência nacional. Ter essa excelência em defesa representa uma oportunidade de negócios para os estados e para o país. A abertura de novos e exigentes mercados para os produtos catarinenses são prova disso. A defesa agropecuária pode e deve ser tratada como uma questão de segurança nacional por conta de sua importância em relação à economia do Brasil”.

 

A Conferência Nacional de Defesa Agropecuária será realizada pela Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária, Secretaria da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina, Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa).

 

 
Com informações: Ana Ceron – Assessoria de Imprensa – Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca

Fonte

Portal Bragança

Exibições: 7

Comentar

Você precisa ser um membro de AgroRede para adicionar comentários!

Entrar em AgroRede

© 2018   Criado por Soc. Mineira de Eng. Agrônomos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço