O Poder da Internet no Agronegócio

Informação

O Poder da Internet no Agronegócio

Nesse século XXI estamos em plena “Era da Informação e do Conhecimento”. Hoje o acúmulo de capital financeiro e posse de terras não mais implicam em poder político e econômico. O principal ativo das instituições agora é o capital intelectual, gerado pelo domínio da informação e do conhecimento.

Diante da avalanche de conteúdos que estamos sujeitos, precisamos saber gerir a informação e o conhecimento em favor da inovação, da sustentabilidade e da vantagem competitiva. Com auxilio da tecnologia, podemos utilizar o meio mais objetivo, rápido e eficaz de modo a disponibilizar informação para gerar conhecimento, oportunidades e negócios.

A internet é a principal ferramenta da Era da Informação e do Conhecimento. Veja a alguns dados:


A internet proporciona uma maior  interação com outras redes de comercialização, com pesquisadores, instituições públicas e privadas e em formar parcerias, contatos com profissionais e estudiosos do Brasil e do mundo


A SMEA está transformou o seu site (www.smea.org.br) em um portal de informação e conhecimento, com automação da gestão técnica, financeira e administrativa de suas atividades, abrangendo eventos e cursos de aprimoramento profissional.

Integrando a interface com o portal, criou sua própria rede social, a “AgroRede” (www.redeagronomia.org.br). Incluiu também o seu perfil institucional no Facebook , Linkedin e Twitter.


 

Com esse passo a SMEA implementa importantes meios para o cumprimento de sua missão e convida a cada um para incluí-la em sua network pessoal.

 


Membros: 18
Última atividade: 19 Abr, 2016

Informática Rural: Uma tendência

*Por: Marcelo Tacchi

A revolução cientifica e tecnológica provocada pelas novas tecnologia da informação, hoje é algo rotineiro e constante no dia a dia do comercio, fabricas, setor bancário, medico automobilístico e em grande parte do que imaginarmos .está tecnologia veio forte e parece para ficar.

O nosso setor agrícola não está imune a isto e já iniciou seu processo de informatização ,embora com atraso em relação aos demais setores
Os motivos que levaram essas demora na informática no setor são diversos mas entre eles podemos citar:
Falta de experiência no setor agropecuário : No inicio da década de 80 diversas empresas de software identificaram a informática no meio rural como um grande filão a ser explorado  porem o nosso setor possui características próprias que  faz necessário antes de entender de informática conhecer o dia a dia no setor e suas peculiaridades próprias para só então desenvolvermos algum sistema realmente utilizado pelo fazendeiro .Os resultados foram produtos inadequados 
Falta de experiência no setor da informática :No inicio da década de 80 também observava-se muito aquela situação onde um parente ou amigo do proprietário da fazenda fazia um curso  rápido de informática e se credenciava a desenvolver um sistema que atende-se as necessidades do fazendeiro  em administrar sua propriedades .Os resultados obtidos foram produtos pobre em informações e um sentimento de frustração com a informática.

Algumas particularidades do meio Agrícola também contribuíram para esse atraso entre elas podemos citar:
Ausência do habito no levantamento de dados :De uma forma geral os empregados de uma fazenda realizam suas tarefas sem muitos ou nenhum controle.
Decisões pela intuição : Ha uma parcela dos produtores que toma sua decisão baseada em sua experiência ao longo dos anos ,acreditando ser desnecessário demais informações para tomada de decisão .Está experiência realmente não pode nem deve ser desconsidera .Porém tais decisões auxiliadas com números ou dados potencializariam as chances de sucesso desse produtor .
Dificuldade de se determinar os custos : No setor agropecuário não ha praticamente nenhum produto que seja produzido sozinho .Até mesmo nos estabelecimentos mais especializados não se pode evitar a produção de leite e ovos sem a simultânea produção de carne e esterco .Este fato acrescido do fator Clima gera a conclusão errónea que é impossível realizar o calculo dos custos unitários de forma lógica da produção . 
Dificuldade de se mudar : De forma geral todos nós evitamos as mudanças não gostamos de mudar nossas rotinas que resultará em novas adaptações no dia a dia e isto no setor agrícola é ainda mais arraigado principalmente nas propriedades de medias e baixa tecnologia .Hoje porém diversas lideranças do setor promovem a revisão desses valores que rapidamente estão sendo modificados.

Para complementar a demora da informática no setor podemos listar alguns mitos que criam frustrações no setor :
A informática faz uma fazenda ficar bem organizada errado a Boa Organização precede o uso da informática se ela não existir não haverá base para levantamento de dados e consequentemente não haverá informações confiáveis 
Com a informática reduzo meus funcionários não necessariamente ,haverá de existir uma pessoa  designada para digitar os dados no dia a dia da propriedade e poderá até acontecer de justificar a contratação de novos funcionários para aumentar a rentabilidade da propriedade.
Com a informática elimino a papelada  sem sombra de duvida está informação pode ser correta porém a facilidade de se gerar relatórios e obter informações poderá ter como resultado um acréscimo de papel no dia a dia.

Fonte: Agrisoft

Fórum de discussão

FAO E GOOGLE QUEREM CRIAR NOVA ERA DE INFORMAÇÕES SOBRE O AMBIENTE

A empresa Google firmou uma parceria com a …Continuar

Iniciado por Soc. Mineira de Eng. Agrônomos 19 Abr, 2016.

ANATEL PROÍBE OPERADORAS DE BANDA LARGA FIXA DE LIMITAR FRANQUIA DE DADOS

Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) resolveu proibir, por 90 dias, as…Continuar

Iniciado por Soc. Mineira de Eng. Agrônomos 19 Abr, 2016.

APLICATIVO PARA EVENTOS É LANÇADO EM SEMINÁRIO

Fruto de parceria da Unidade Setorial Serviço com a Universidade Corporativa e as unidades de Comunicação e de Assessoria…Continuar

Tags: INOVAÇÃO, GESTÃO, EVENTOS, EMPREENDEDORISMO, EDUCAÇÃO

Iniciado por Soc. Mineira de Eng. Agrônomos 15 Abr, 2016.

EMATER-RN ARESENTA APLICATIVO INOVADOR

A Emater-RN apresentou o aplicativo Ceres durante a 50ª Assembleia ordinária da Asbraer. O sistema é uma plataforma multifuncional que integra a comunicação entre os extensionistas,dados estatísticos…Continuar

Iniciado por Soc. Mineira de Eng. Agrônomos 15 Abr, 2016.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de O Poder da Internet no Agronegócio para adicionar comentários!

Comentário de Soc. Mineira de Eng. Agrônomos em 29 julho 2015 às 12:40

Miriam bom dia!

Seja Bem Vinda,

Aproveitando os conhecimentos e a pesquisa feita pelo seu marido, fique a vontade, para inserir comentários e informações importantes a respeito dessa informação nesse nosso grupo.

Saudações Agronômicas 

Equipe SMEA

Comentário de Miriam Castejan Inacio da Silva em 14 julho 2015 às 16:18

Boa Tarde.

 Meu marido há tempos atrás escreveu um artigo no portal PEABIRUS intitulado "A vida com a Internet".

 E de lá para cá só temos confirmado mesmo que estamos na era da troca de informações.

Maravilhoso isso.

Quanto mais nos informarmos e atualizarmos melhor.

 E quanto mais aprendizado e menos bate-papo fortuito melhor.

Comentário de altair roberto de carvlho em 22 julho 2014 às 21:24

Precisamos de um aplicativo para as pessoas voltarem a ter visão e participação politica e voltarem a raciocinar.

 
 
 

© 2018   Criado por Soc. Mineira de Eng. Agrônomos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço